Sites Grátis no Comunidades.net
Translate this Page
Votação
Qual sua nota para este site?
Ótimo
Bom
Regular
Ruím
Ver Resultados

Rating: 2.9/5 (5010 votos)




ONLINE
1





Partilhe este Site...



Últimas  Notícias


 

Seita ou Religião?

 

 


 

Valdir Camilo da Silva, Testemunha de Jeová, palestra sobre "Depressão". Assista aos vídeos:

Vídeo 1


 Vídeo 2

Vídeo 3

Último vídeo



 

Clique

site oficial das Testemunhas de Jeová está de cara nova

Juntamos nossos três sites oficiais num sóLeia mais sobre o novo formato. 


 

 foto

Clique↓
Um novo local para a sede mundial das Testemunhas de Jeová

Desde 1909, a sede está localizada em Brooklyn, Nova York. Por que estamos mudando para o norte do Estado de Nova York?


 

Clique↓

slogan


 

Clique ↓

slogan

 


 

DÚVIDAS?↓

contato

 

 


CLIQUE↓

Bíblia online

 

 


 

CLIQUE↓

ROLOS

 Matéria pronta! Sorriso Clique na imagem!

 


Como anda os Líderes evangélicos? Confira o vídeo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


 

Últimas Notícias

Coréia do Sul

Em 25 de outubro de 2012, o Comitê de Direitos Humanos das Nações Unidas decidiu que a Coreia do Sul tem a obrigação . . .leia mais


 

Siclone

Em dezembro de 2012, o ciclone Evan causou destruição em Fiji e Samoa. Os escritórios das Testemunhas de Jeová nesses países estão coordenando a ajuda humanitária. Leia mais


 

Construções

Na Austrália, as Testemunhas de Jeová foram elogiadas por causa da excelente segurança em suas construções. Saiba mais


 

incêndios

Incêndios na Tasmânia

11 DE JANEIRO DE 2013 | AUSTRÁLIA

Temperaturas altíssimas nunca antes registradas provocaram incêndios na ilha-estado australiana da Tasmânia. Esses incêndios arrasaram o vilarejo de Dunalley . . . Veja mais . . . 


 

deslizamento

Na primeira semana de janeiro, fortes chuvas causaram enchentes e deslizamentos de terra no Estado do Rio de Janeiro, Brasil, deixando mais de 3 mil desabrigados. As Testemunhas de Jeová relatam que . . . Leia mais

 


 



Total de visitas: 389013
O Olho
O Olho

O órgão da visão, uma “câmara” altamente eficaz, auto-ajustável, que transmite impulsos ao cérebro, onde o objeto focalizado na retina do olho é interpretado como visão. Tanto o hebraico ʽá·yin como o grego o·fthal·mós são usados em sentido literal e figurado. O termo hebraico também é usado para referir-se a uma “fonte”. (Gên 24:13; Êx 15:27) A posse de dois olhos, como se dá no corpo humano, fornece visão estereoscópica. A perda da visão é uma tremenda deficiência, porque a visão é, provavelmente, o canal mais importante de comunicação com a mente.

O olho é uma das partes mais bonitas do corpo. (Cân 1:15; 4:9; 7:4) Tão desfigurante e prejudicial era uma doença nos olhos que, sob o pacto da Lei, a pessoa não podia servir como sacerdote se fosse cega ou se tivesse um dos olhos doentes. (Le 21:18, 20) Em Israel, sob a Lei, o homem que golpeasse e arruinasse o olho de seu escravo tinha de libertar o escravo. (Êx 21:26) A fim de humilhar e quebrantar o poder dos inimigos, algumas nações antigas adotavam a prática cruel de cegar os homens de destaque dentre o inimigo capturado. — Jz 16:21; 1Sa 11:2; 2Rs 25:7.

A estrutura do olho revela um maravilhoso projeto da parte do seu Criador, e o processo pelo qual o cérebro interpreta o que é transmitido por meio do olho está longe de ser entendido pelos cientistas. Tudo isso salienta a inteligência do seu Projetista. O próprio Jeová Deus atesta que é o criador do olho, dizendo: “Não pode olhar Aquele que formou o olho?” — Sal 94:9; Pr 20:12.

Os Olhos de Jeová. Deus ajuda os humanos a entender e a ter apreço pelas coisas a respeito dele mesmo assemelhando-as a coisas que vemos e conhecemos bem. Assim, em sentido figurado, ele fala que seus “olhos” estão sobre Seu povo, o que evidentemente indica sua vigilância e seu cuidado amoroso para com eles. O apóstolo Pedro diz: “Os olhos de Jeová estão sobre os justos.” (1Pe 3:12) Deus destaca este cuidado e a sensibilidade para com o bem-estar deles ao falar de Seus servos como “a menina” de seu olho, representando, metaforicamente, a preciosidade deles aos Seus olhos e sua prontidão em atuar em favor deles quando tocados pelo inimigo. — De 32:10; Sal 17:8.

Descrevendo a observação de Deus das ações de todos os homens, Jeremias escreveu que Seus “olhos estão abertos para com todos os caminhos dos filhos dos homens, a fim de dar a cada um segundo os seus caminhos”. (Je 32:19) Sobre a onisciência de Jeová e Seu propósito de exercer a justiça para com todos, o apóstolo Paulo escreveu: “Não há criação que não esteja manifesta à sua vista, mas todas as coisas estão nuas e abertamente expostas aos olhos daquele com quem temos uma prestação de contas.” (He 4:13; 2Cr 16:9; Sal 66:7; Pr 15:3) Sobre a qualidade perscrutadora do exame dos homens feito por Deus, o salmista diz: “Seus próprios olhos observam, seus próprios olhos radiantes examinam os filhos dos homens.” — Sal 11:4.

A habilidade de Jeová de conhecer as características e tendências da pessoa ou sua composição genética, mesmo enquanto ela está sendo formada no ventre, como foi o caso de Jacó e Esaú (Gên 25:21-23; Ro 9:10-13), é indicada pelas palavras do salmista Davi: “Teus olhos viram até mesmo meu embrião, e todas as suas partes estavam assentadas por escrito no teu livro, referente aos dias em que foram formadas, e ainda não havia nem sequer uma entre elas.” — Sal 139:15, 16.

Uso Ilustrativo. O olho humano é um importante canal de comunicação com a mente, influenciando fortemente as emoções e as ações. Satanás tentou Eva levando-a a desejar algo visto com os olhos. (Gên 3:6) Tentou induzir Jesus a procurar alcançar indevidamente coisas vistas com os olhos e assim pecar. (Lu 4:5-7) E o apóstolo João nos diz que “o desejo dos olhos” é uma das coisas que se originam deste mundo, que está passando. (1Jo 2:16, 17) Muitas emoções são igualmente expressas pelos olhos, e, assim, as Escrituras utilizam as expressões “olhos altaneiros [orgulhosos]” (Pr 6:17); “olhos lustrosos” (da mulher má, sedutora — Pr 6:25); “olhos cheios de adultério” (2Pe 2:14); o “olho não generoso” (Pr 23:6); o “olho invejoso” (Pr 28:22); o “olho iníquo” (‘olho mau’, Al); este último não se refere a alguma qualidade mágica do olho, mas a um olho com más intenções, o oposto dum olho que é “bondoso”. — Mt 20:15; Pr 22:9.

Gestos por meio dos olhos são muito expressivos dos sentimentos duma pessoa. Podem mostrar piedade ou falta dela (De 19:13); podem ‘piscar’, ou ‘pestanejar’, em zombaria, ou ao maquinar algo insincero. (Sal 35:19; Pr 6:13; 16:30) Pode-se dizer que a pessoa que não deseja observar, ou que não quer realizar determinada ação em favor de outrem, fecha ou esconde os olhos. (Mt 13:15; Pr 28:27) Diz-se que o estúpido tem seus olhos “na extremidade da terra”, perambulando cá e acolá sem nenhum objeto fixo, seus pensamentos estando em toda a parte, exceto onde deviam estar. (Pr 17:24) O aspecto dos olhos revela até mesmo a saúde e o vigor duma pessoa, ou sua condição de felicidade. (1Sa 14:27-29; De 34:7; Jó 17:7; Sal 6:7; 88:9) O Rei Jeosafá dirigiu-se da seguinte forma a Jeová: “Os nossos olhos se fixam em ti.” — 2Cr 20:12.

Em certos contextos, os “olhos” referem-se ao juízo (Gên 19:14; Pr 12:15; Mt 21:42), à presença (Gên 23:11), ao conhecimento (Núm 15:24), à atenção (Gên 44:21; Lu 4:20) ou à solidariedade da pessoa (Pr 28:27). A palavra hebraica ʽá·yin (olho) pode referir-se também à aparência de algo, como a “superfície visível” da terra (Êx 10:5 n), o “aspecto” do maná e do electro (Núm 11:7 n; Ez 1:4), a ‘cintilação’ do vinho (Pr 23:31), a “semelhança” duma expansão (Ez 1:22), e a “aparência” do cobre (Da 10:6). — Veja Za 5:6 n.

Ver a Deus; a Jesus. As criaturas espirituais, os anjos, conseguem observar o esplendor de Jeová (Mt 18:10; Lu 1:19), experiência que nenhum olho humano poderia suportar, pois o próprio Jeová disse a Moisés: “Homem algum pode ver-me e continuar vivo.” (Êx 33:20) João disse: “Nenhum homem jamais viu a Deus.” (Jo 1:18) Portanto, quando Jesus disse a seu discípulo Filipe: “Quem me tem visto, tem visto também o Pai” (Jo 14:9), e quando o apóstolo João disse: “Quem faz o mal não tem visto a Deus” (3Jo 11), obviamente estavam falando sobre ver a Deus, não com os olhos físicos, mas com o que o apóstolo Paulo descreveu como ‘os olhos do coração’. (Ef 1:18) Os que vêem com os olhos do coração são os que realmente chegaram a conhecer a Deus, tendo apreço por Suas qualidades, e é por isso que João podia dizer: “Quem não amar, não chegou a conhecer a Deus, porque Deus é amor.” — 1Jo 4:8.

Assim também, visto que Jesus disse que ‘o mundo não mais o observaria’ (Jo 14:19), a declaração em Revelação (Apocalipse) 1:7, “todo olho o verá [a Jesus Cristo]”, deve referir-se, não ao olho literal, mas, em vez disso, ao efeito, sobre a mente de observadores humanos, das evidências que eles poderão ver com os olhos literais quando ele sair para destruir seus inimigos. A Bíblia indica claramente, contudo, que aqueles a quem Deus chama para a vida celestial junto com Cristo verão literalmente a Deus, o que exige que sejam ressuscitados com um corpo celestial, espiritual. — 1Pe 1:4; 1Co 15:50-54; compare isso com 1Pe 3:18.

A Visão Espiritual. O olho espiritual, bem como o olho físico, é uma dádiva de Deus. (Pr 20:12) Ele promete curar tanto os olhos espirituais como os físicos e remover todas as causas de lágrimas. (Is 35:5; Re 21:4) Não se pode entender os propósitos de Deus sem a dádiva da visão espiritual. Por outro lado, Jeová oculta sua verdade dos olhos daqueles que são teimosos ou rebeldes, permitindo que “obscureçam-se-lhes os olhos”. (Ro 11:8-10; Lu 19:42) “Eles têm olhos [literais], mas não podem ver [espiritualmente].” — Je 5:21; Is 59:10.

Jesus também salientou que a visão espiritual da pessoa deve ser mantida aguçada e em foco. Ele disse: “A lâmpada do corpo é o olho. Se, pois, o teu olho for singelo [sincero; unidirecional; em foco; generoso], todo o teu corpo será luminoso; mas, se o teu olho for iníquo, todo o teu corpo será escuro. Se, na realidade, a luz que está em ti é escuridão, quão grande é essa escuridão!” (Mt 6:22, 23) Jesus aconselha adicionalmente que a pessoa não deve atrever-se a oferecer-se a tirar um mero “argueiro” do olho do seu irmão para ajudá-lo a fazer julgamentos mais aceitáveis, quando sua própria habilidade de fazer um julgamento correto está prejudicada por uma “trave”. — Mt 7:3-5.

O apóstolo João viu o trono de Deus e, junto com ele, quatro criaturas viventes cheias de olhos na frente e atrás. (Re 4:6, 8) Criaturas assim equipadas poderiam ficar continuamente em estado de alerta, capazes de ver todas as coisas. Ficariam plenamente cônscias do que estaria acontecendo aqui na terra e prestariam atenção a Deus em todas as coisas, bem como observariam todas as indicações do que Ele gostaria que fosse feito. (Veja Sal 123:2; também Ez 1:18; 10:12.) Jeová aconselha seus servos a não deixarem que Suas declarações ‘se afastem dos seus olhos’. — Pr 4:20, 21; Lu 10:23.   O artigo continua. Leia mais . . .