Sites Grátis no Comunidades.net
Translate this Page
Votação
Qual sua nota para este site?
Ótimo
Bom
Regular
Ruím
Ver Resultados

Rating: 2.9/5 (4986 votos)




ONLINE
1





Partilhe este Site...



Últimas  Notícias


 

Seita ou Religião?

 

 


 

Valdir Camilo da Silva, Testemunha de Jeová, palestra sobre "Depressão". Assista aos vídeos:

Vídeo 1


 Vídeo 2

Vídeo 3

Último vídeo



 

Clique

site oficial das Testemunhas de Jeová está de cara nova

Juntamos nossos três sites oficiais num sóLeia mais sobre o novo formato. 


 

 foto

Clique↓
Um novo local para a sede mundial das Testemunhas de Jeová

Desde 1909, a sede está localizada em Brooklyn, Nova York. Por que estamos mudando para o norte do Estado de Nova York?


 

Clique↓

slogan


 

Clique ↓

slogan

 


 

DÚVIDAS?↓

contato

 

 


CLIQUE↓

Bíblia online

 

 


 

CLIQUE↓

ROLOS

 Matéria pronta! Sorriso Clique na imagem!

 


Como anda os Líderes evangélicos? Confira o vídeo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


 

Últimas Notícias

Coréia do Sul

Em 25 de outubro de 2012, o Comitê de Direitos Humanos das Nações Unidas decidiu que a Coreia do Sul tem a obrigação . . .leia mais


 

Siclone

Em dezembro de 2012, o ciclone Evan causou destruição em Fiji e Samoa. Os escritórios das Testemunhas de Jeová nesses países estão coordenando a ajuda humanitária. Leia mais


 

Construções

Na Austrália, as Testemunhas de Jeová foram elogiadas por causa da excelente segurança em suas construções. Saiba mais


 

incêndios

Incêndios na Tasmânia

11 DE JANEIRO DE 2013 | AUSTRÁLIA

Temperaturas altíssimas nunca antes registradas provocaram incêndios na ilha-estado australiana da Tasmânia. Esses incêndios arrasaram o vilarejo de Dunalley . . . Veja mais . . . 


 

deslizamento

Na primeira semana de janeiro, fortes chuvas causaram enchentes e deslizamentos de terra no Estado do Rio de Janeiro, Brasil, deixando mais de 3 mil desabrigados. As Testemunhas de Jeová relatam que . . . Leia mais

 


 



Total de visitas: 375410
Uma Vida Significativa
Uma Vida Significativa

Jesus Cristo

Jesus — A chave para uma vida significativa

SERÁ que Jesus realmente teve uma vida significativa? Ele foi criado num ambiente humilde e, durante toda a sua vida, teve pouco em sentido material. Na realidade, ele ‘não tinha onde deitar a cabeça’. (Lucas 9:57, 58) Além disso, Jesus foi odiado, caluniado e por fim morto por seus inimigos.

Talvez você pense: ‘Para mim uma vida assim não é significativa!’ No entanto, há algo mais sobre a vida de Jesus que é bom considerarmos. Examinemos quatro aspectos de sua vida.

1. JESUS TINHA UM OBJETIVO NA VIDA   FAZER A VONTADE DE DEUS.

“Meu alimento é eu fazer a vontade daquele que me enviou.” — João 4:34.

Por palavras e ações, Jesus procurou fazer a vontade de seu Pai celestial, Jeová. Jesus sentia muita alegria em fazer a vontade de Deus. De fato, ele comparou fazer isso ao alimento, conforme mostra o texto citado. Considere as circunstâncias em que ele fez essa comparação.

Jesus disse essas palavras por volta do meio-dia. (João 4:6) Ele tinha viajado pela região montanhosa de Samaria durante toda a manhã, de modo que com certeza estava com fome. De fato, seus discípulos insistiram com ele: “Rabi, come.” (João 4:31) A resposta de Jesus indicou que ele se sentia bem nutrido e fortalecido por fazer a vontade de Deus. Não lhe parece o tipo de pessoa que tinha uma vida significativa?

2. JESUS AMAVA MUITO SEU PAI.

“Eu amo o Pai.” — João 14:31.

No céu, Jesus tinha um relacionamento bem achegado com seu Pai. O profundo amor de Jesus por Deus o moveu a tornar conhecido seu Pai — seu nome, seus propósitos e suas qualidades. Jesus refletiu tão perfeitamente seu Pai por meio de suas palavras, ações e atitudes que vemos em Jesus um retrato do seu Pai. Assim, quando Filipe pediu a Jesus: “Mostra-nos o Pai”, Jesus respondeu: “Quem me tem visto, tem visto também o Pai.” — João 14:8, 9.

Jesus amava tanto seu Pai que estava disposto a lhe obedecer até a morte. (Filipenses 2:7, 8; 1 João 5:3) Esse grande amor por Deus encheu sua vida de significado.

3. JESUS AMAVA AS PESSOAS.

“Ninguém tem maior amor do que este, que alguém entregue a sua alma a favor de seus amigos.” — João 15:13.

Nossas perspectivas de vida futura como humanos imperfeitos não são nada animadoras. A Bíblia diz: “Por intermédio de um só homem [Adão] entrou o pecado no mundo, e a morte por intermédio do pecado, e assim a morte se espalhou a todos os homens, porque todos tinham pecado.” (Romanos 5:12) Sozinhos não podemos escapar da consequência do pecado — a morte. — Romanos 6:23.

Felizmente Jeová, por amor, providenciou uma solução para o problema da humanidade. Ele permitiu que Jesus, seu Filho perfeito e sem pecado, sofresse e morresse a fim de prover o resgate necessário para livrar a humanidade da escravidão ao pecado e à morte. Movido por amor ao seu Pai e aos humanos, Jesus obedeceu voluntariamente e deu sua vida humana perfeita em nosso benefício. (Romanos 5:6-8) Esse amor altruísta deu significado à sua vida.

4. JESUS SABIA QUE TINHA O AMOR E A APROVAÇÃO DE SEU PAI.

“Este é meu Filho, o amado, a quem tenho aprovado.” — Mateus 3:17.

Jeová disse essas palavras desde os céus por ocasião do batismo de Jesus. Assim, Jeová expressou publicamente que tinha afeição por seu Filho e o aprovava. Não é de admirar que Jesus dissesse enfaticamente: “O Pai me ama”! (João 10:17) Sabendo que tinha o amor e a aprovação de seu Pai, Jesus enfrentou oposição e críticas com coragem. Ele até mesmo manteve o equilíbrio e a estabilidade emocional diante da morte. (João 10:18) Sentir que seu Pai o amava e o aprovava sem dúvida deu mais significado à vida de Jesus.

Jesus com certeza tinha uma vida significativa. Fica claro que podemos aprender com ele a ter uma vida com verdadeiro significado. 

Uma vida significativa — Jesus mostra o caminho

‘Viva como Jesus viveu.’ — 1 João 2:6Bíblia Fácil de Ler.

COMO vimos no artigo anterior, Jesus tinha uma vida significativa. Então, se quisermos que nossa vida tenha pleno significado, faremos bem em imitar o seu exemplo e dar atenção ao seu conselho.

De fato, Jeová nos incentiva a fazer exatamente isso, como mostra o texto bíblico acima. Viver como Jesus viveu envolve moldar nosso inteiro modo de vida ao seu exemplo e aos seus ensinamentos. Fazer isso nos ajudará a obter a aprovação de Deus e a ter uma vida significativa.

Os ensinamentos de Jesus incluíam princípios que podem nos ajudar a viver como ele viveu. Encontramos vários desses princípios no seu famoso Sermão do Monte. Consideremos alguns desses princípios e como podemos aplicá-los em nossa vida.

PRINCÍPIO: “Felizes os cônscios de sua necessidade espiritual.” — Mateus 5:3.

COMO ESSE PRINCÍPIO CONTRIBUI PARA UMA VIDA SIGNIFICATIVA: Jesus indicou que os humanos já nascem com necessidades espirituais. Desejamos muito saber a resposta a perguntas como estas: Por que existimos? Por que há tanto sofrimento na Terra? Será que Deus realmente se importa conosco? Existe vida após a morte? Precisamos saber a resposta a essas perguntas para ter uma vida significativa. Jesus sabia que só há uma fonte confiável que pode responder a essas perguntas — a Palavra de Deus. Em oração a seu Pai, Jesus disse: “A tua palavra é a verdade.” (João 17:17) Será que a Palavra de Deus realmente pode nos ajudar a satisfazer nossas necessidades espirituais?

EXEMPLO DA VIDA REAL: Como vocalista de uma banda popular, Esa estava a caminho de se tornar um astro do rock. Mesmo assim, Esa sentia que estava faltando algo. “Eu gostava de fazer parte da banda, mas queria muito que minha vida tivesse mais sentido”, diz ele. Com o tempo, porém, Esa conversou com uma Testemunha de Jeová. “Eu o enchi de perguntas”, admite Esa. “Suas respostas lógicas, baseadas na Bíblia, me deixaram curioso, de modo que concordei em estudar a Bíblia com ele.” O que Esa aprendeu em seu estudo da Bíblia tocou seu coração e o motivou a dedicar a vida a Jeová. “No passado, eu vivia entrando e saindo de problemas e dificuldades”, diz ele. “Agora tenho verdadeiro objetivo na vida.”*

PRINCÍPIO: “Felizes os misericordiosos.” — Mateus 5:7.

COMO ESSE PRINCÍPIO CONTRIBUI PARA UMA VIDA SIGNIFICATIVA: A misericórdia envolve ser bondoso com outros e mostrar compaixão e consideração por eles. Jesus mostrou misericórdia para com os necessitados. Movido por profunda compaixão, ele tomou a iniciativa de aliviar o sofrimento de outros. (Mateus 14:14; 20:30-34) Quando imitamos Jesus por ser misericordiosos, nossa vida passa a ter mais sentido, pois os que mostram misericórdia são felizes. (Atos 20:35) Podemos mostrar misericórdia por meio de palavras e ações bondosas, trazendo alívio aos que precisam de nossa ajuda. Será que mostrar misericórdia contribui mesmo para o nosso bem-estar?

EXEMPLO DA VIDA REAL: Maria e seu marido, Carlos, são exemplos de pessoas misericordiosas. O pai de Maria é viúvo e, nos últimos anos, não consegue mais sair da cama. Maria e Carlos o levaram para casa e cuidam de todas as suas fotosnecessidades.


Eles passam muitas noites sem dormir, o que às vezes envolve levá-lo às pressas ao hospital quando ele tem uma crise de diabetes. Eles reconhecem que há ocasiões em que ficam muito cansados. Mas são felizes, assim como Jesus disse, pois têm a profunda satisfação de saber que estão cuidando das necessidades do pai de Maria.


PRINCÍPIO: “Felizes os pacíficos.” — Mateus 5:9.


COMO ESSE PRINCÍPIO CONTRIBUI PARA UMA VIDA SIGNIFICATIVA: Ser ‘pacífico’ significa literalmente ser ‘pacificador’. Como ser pacificador torna a vida mais significativa? Faz com que tenhamos melhores relacionamentos com os que estão à nossa volta. É bom acatar o conselho bíblico: “Se possível, no que depender de vós, sede pacíficos para com todos os homens.” (Romanos 12:18) “Todos os homens” inclui familiares e outros que talvez não tenham as mesmas crenças que nós. Será que ser pacíficos com “todos os homens” realmente dá sentido à nossa vida?

EXEMPLO DA VIDA REAL: Veja o caso de uma mulher chamada Nair. Ao longo dos anos, ela tem enfrentado muitas pressões que testam sua determinação de manter a paz, especialmente em suafoto família. Desde que seu marido a abandonou, uns 15 anos atrás, ela cria os filhos sozinha.

Um dos seus filhos tem problemas com drogas e muitas vezes perde o controle e ameaça a ela e à sua filha. Nair acredita que o que ela aprende da Bíblia lhe dá forças para ser pacífica, mesmo nessas circunstâncias desafiadoras. Ela procura não discutir nem brigar, e se esforça para ser bondosa, compassiva e compreensiva com os outros. (Efésios 4:31, 32) Nair tem certeza de que aprender a ser pacífica contribui para o melhor relacionamento possível com sua família e com outros.

LEVE EM CONTA O FUTURO

Se seguirmos o sábio conselho de Jesus, teremos felicidade e satisfação na vida. Mas, para termos uma vida realmente significativa, também precisamos saber o que o futuro nos reserva. A nossa realidade hoje é esta: com o tempo envelhecemos, adoecemos e morremos. Como é possível ter uma vida significativa nessas condições?

Mas há boas notícias! Jeová tem muitas bênçãos em reserva para todos os que se esforçam em ‘viver como Jesus viveu’. Jeová promete que logo trará um novo mundo justo, onde os humanos fiéis viverão como ele queria que vivessem — para sempre com saúde perfeita. Sua Palavra diz: “Eis que a tenda de Deus está com a humanidade, e ele residirá com eles e eles serão os seus povos. E o próprio Deus estará com eles. E enxugará dos seus olhos toda lágrima, e não haverá mais morte, nem haverá mais pranto, nem clamor, nem dor. As coisas anteriores já passaram.” — Revelação [Apocalipse] 21:3, 4.

Maria, a senhora de 84 anos mencionada no primeiro artigo desta série, se alegra com a perspectiva de ver essas palavras se tornarem realidade. E você? Gostaria de saber mais sobre a “verdadeira vida” — a vida que será possível sob o Reino de Deus? (1 Timóteo 6:19) Em caso afirmativo, você pode pedir ajuda às Testemunhas de Jeová em sua localidade ou escrever para os editores desta revista.

Voltar para a: Home